Sejam bem-vindos ! O objectivo deste blog é divulgar Artistas Portugueses que se enquadrem no movimento artístico contemporâneo, tendo como principais ferramentas de expressão: a Pintura ( meio que o blog privilegia), Desenho, Escultura, Instalação e Video-Art. O critério de selecção está directamente relacionado com o Conceito, Qualidade e Criatividade dos artistas, independentemente de estes serem conceituados ou não, no entanto a escolha tem como prioridade a selecção de artistas pouco conhecidos e por descobrir,mas que demonstrem uma verdadeira paixão pela arte, não esquecendo é claro a qualidade das suas propostas criativas.

....Arte Contemporánea por Artistas Portugueses....

...Contemporary Art by portuguese Artists....

19 dezembro, 2010

Filipe Matos

"A procura...",  Acrylic and Enamel on paper, 140x150 cm, 2010

 A descontrução do mundo real nas artes plásticas, são abordagens muito familiares na arte contemporânea actual, sendo os mais diferentes mediums utilizados para a sua abordagem. A linguagem plástica na pintura, tem um papel determinante neste conceito de ideias, que destabilizam o senso comum fragmentando,  assimilando informação e conceitos abstractos, que dinamizam o pensamento intelectual, reafirmando assim, o homem como um ser que se distingue dos demais.
 Provavelmente esta abordagem analítica das questões universais, tornam o homem distante de toda a grandeza que o rodeia, no entanto, aproximam-no do entendimento geral do funcionamento e da sensibilidade cósmica, onde a sua presença é simplesmente microscopia.
 Os trabalhos de Filipe, exploram o espaço estrutural da construção edifícia e de sua visibilidade conceptual no entendimento de seus habitantes, recriando objectos residenciais e de conteúdos, que visualmente preenchem requisitos anormais do entendimento lógico que temos deles. Dentro desta visão de aspectos ,que se desconstroem ciclicamente e se recompõem, avistamos os peões deste jogo figurativo, sendo eles habitantes provisórios de suas próprias construções, que tanto remetem-nos para o monumental, tecnológico ou rústico.
 A exploração do que é incerto,oculto e fora de contexto, surge-nos também  em diferentes perspectivas  pelo artista, onde este explora imagens habitadas por anónimos sem rosto, que se deslocam pelas referências políticas ou comercias, demonstrando assim uma clara crítica social . No entanto, esta temática compatibiliza-se com a exploração construtiva anteriormente referida,  pois ambas caminham pelo entendimento do processo artístico, em que os elementos associados à construção civil ,se sobrepõem nesta apropriação de factores sociais, invocando discretamente o pensamento plástico na arte, e o lugar que ela ocupa na sociedade geral.
 Tecnicamente as obras deste artista, utilizam fundamentalmente o desenho e a pintura,  onde cores opacas e sujas, de forte expressividade plástica, ganham vida no fundo branco ,que compõem a própria composição dos trabalhos,  criando assim uma certa sensação de inacabado, propositadamente criada.

Nenhum comentário:

...Obrigado pelo Visita...Thanks for the Visit...